Casamento Coco Bambu

Bárbara e Estevão

Que alegria dividir com vocês nossa história... 

Nos conhecemos em 16 de abril de 2021, começamos a namorar no dia 14/07/2021, SIM no dia do meu aniversário (Estevão), e que PRESENTE hein rsrs. Foi tudo muito rápido, eu fiquei surpreso, pois sempre falava que não iria casar tão cedo hahaha.        Há 10 anos na faculdade, quando eu chegava ficava ali sentado na porta da sala, aguardando o horário das aulas começarem, e claro não poderia deixar de olhar quando a Barbara passava. Ela carregava uma mochila pesada nas costas, tadinha, quando ela pintava no corredor, meus olhos ficavam em slow motion (câmera lenta) rsrsrs, ela sempre com um olhar RETO sem curvas e com uma fisionomia sempre mais fechada, não me deu brechas. Enfim, um dia em específico na faculdade, solicitei a uma amiga para que falasse com ela, a convidei para ir a uma festa comigo, e eu claro fiquei de longe observando a reação dela, foi então que vi dos seus lábios saindo às palavras “NÃO, EU NAMORO”! Pronto, lascou com minhas expectativas, nunca mais vi esse tesouro.

Eu me recordo de ver o Estevão na época da faculdade, sentado todo dia no mesmo banco, ‘bem na viradinha do corredor’, sozinho e sempre com a cara bem lerda. Rsrsr. Nós não fomos da mesma sala, porém sua beleza imponente e olhar galanteador chamaram minha atenção. Quando me veio esse rumor, do convite feito por essa colega, pensei, “Como alguém me chama para uma festa, sem nem me conhecer”? Além do mais, namorava, então óbvio que a resposta não seria diferente. Assim, os anos passaram, perdemos totalmente o contato e a vida seguiu.

Passados 10 anos essa joia preciosa chegou a mim pelas redes sociais. Estava eu num belo dia mexendo no celular e então vejo uma notificação piscando dizendo 'Barbara começou a seguir você', vi então que era aquela BARBARIDADE de beleza que vi há 10 anos, pensei “hummmmmm”. Quando ela me seguiu já foi uma sensação fascinante, e ela me enviou um INBOX também, daí em diante começamos a conversar e não paramos mais, e estamos aqui hoje, CASANDO.

Num dia fatídico me surgiu a curiosidade em sabersobre ele, me veio à ideia de procurá-lo. Soube que ele namorava há alguns anos atrás e nesse dia fui mais a fundo, solicitei e logo dei aquela stalkeada, por sorte, estava solteiro. Começamos oassunto sobre faculdade, profissão, hobbies e etc. Trocamos os telefones e uma semana de conversa, tivemos nosso tão esperado encontro. Bem no auge da pandemia, saímos de carro pela cidade, “dando voltinhas” e no outro dia pela manhã já nos encontramos novamente para caminhar. De lá em diante, nos víamos todos os finais de semana, até o pedido oficial de namoro. Tudo fluiu muito leve, natural e harmônico. Fizemos nossa primeira viagemdos sonhos para Monte Verde, aproveitamos e partilhamos apenas de bons momentos.

O PEDIDO: Comprei um anel de noivado dias antes da viagem de nossas férias, uma viagem inesquecível, MARAVILHOSA. A Barbara nem se quer sonhava que esse pedido iria acontecer, eu deixava claro que queria casar bem mais pra frente kkkkk (grande ilusão da minha parte, depois que aconheci). Nessa viagem eu fiquei bem ansioso não vou mentir, procurava todos os jeitos e lugares certos para fazer o pedido. Gente, um LUXO, um MIMO muito romântico, tentei agendar com o hotel, um café da manhã, onde preparariam pra nós umlocal com a melhor vista da cidade de Gramado, então sugeri a Barbara para agendarmos. Ela logo falou, “Estevão NUNCA na vida, você é doido? Olha o café que temos do hotel, não vou trocar não”. Pronto foi por água abaixo essa tentativa que iria ser incrível também, mas quando se fala em comida com a Barbara é difícil que ela ceda. 

Nossas primeiras férias juntos, fizemos um itinerário perfeito, conhecemos várias cidades, praias, lugares, tudo esplêndido. E inacreditável, pois foi muito melhor que em meus sonhos, um pedido de casamento comovente e abençoado por Deus. Reparei algumas indagações do Estevão durante a viagem, sobre casamento, pedido de noivado e tudo mais, mas jamais imaginaria que aconteceria tão rápido (visto que, sabia de seus propósitos).

E aconteceu, ele me chamou para visitarmos a capela do hotel em que nos hospedamos, chegando lá, um lugar impressionante, com energias salutares, um sensorial divino, então se declarou e formalizou o pedido. Ele meio tremulo, rindo de nervoso, ali ajoelhado com os olhos vibrantes e eu toda desconcertada (pega de surpresa), com o coração na boca, as pernas estremecidas, não sabia se sorria, se chorava, toda arrepiada e emocionada, mas uma coisa tínhamos a certeza, de que o amor ali reinava e só crescia entre nós dois, perante ao Pai. Tudo conspirou para aquele momento, foi simplesmente extraordinário e memorável. 

Quando nos conhecemos, não imaginávamos que um dia tudo isso acabaria na realização do nosso sonho: o casamento. Passa um filme de tudo que vivemos, foi muito intenso, lindo e sincero. A contagem regressiva começa, o frio na barriga e toda a ansiedade do dia mais esperado de nossas vidas e nos enche de gratidão em tê-los ao nosso lado.